UM BOCADINHO DE VIVER EM PORTUGAL

UM BOCADINHO DE VIVER EM PORTUGAL

  Por Anna Salustiano   Os Carmelitas no Mundo Português é tema da exposição que está na Biblioteca Nacional Foi a primeira exposição escura que vi em Portugal. Do lado de fora, um aviso na porta dizendo aberta, mas não se via movimento de ninguém, nem luzes no interior do espaço. Ao olhar aquilo, foi que fiquei mais curiosa e aproximei-me para encostar no vidro e tentar ver alguma coisa. Ao lado da porta de…

Leia mais...

DESPERTA: NEM VOCÊ, NEM SENTIDOS

DESPERTA: NEM VOCÊ, NEM SENTIDOS

    Por Satyaprem   Muito se tem falado em “despertar”, mas você sabe o que isso significa? Despertar significa sair da ilusão de quem você pensa ser e voltar-se à verdade daquilo que somos originalmente. Esse é um trajeto muito curto, no entanto, muito difícil, porque você se identifica com aquilo que pensa. E você não quer soltar o que pensa, porque se não pensar o que você pensa, quem é você? Mas esse…

Leia mais...

UM BOCADINHO DE VIVER EM PORTUGAL

UM BOCADINHO DE VIVER EM PORTUGAL

  Por Anna Salustiano   Pôr do sol em Sesimbra Parar um bocadinho no final da tarde e início da noite para ver os últimos dias de pôr do sol é de um valor inestimável. Últimos porque as temperaturas nestas terras portuguesas já começam a cair, dando indicativos que o inverno será frio, bem frio. A imagem que compartilhamos é de Sesimbra, uma vila portuguesa que pertence a Setúbal, pra quem reside em Lisboa, é…

Leia mais...

DE QUANTO VOCÊ PRECISA PARA DESCOBRI ONDE FICA O AGORA?

DE QUANTO VOCÊ PRECISA PARA DESCOBRI ONDE FICA O AGORA?

  Por Satyaprem   De quanto tempo você precisa para descobrir onde fica o agora? A mente diz que com o tempo você irá descobrir onde fica e como permanecer no agora. Eu proponho que você refresque esse ranço crônico e compulsivo de se manter sempre propondo um ideal preso ao tempo, no amanhã. Preciso ser franco com você: eu não tenho nenhum tempo para te dar. Citando o Elvis Presley: “It’s now or never”….

Leia mais...

ZAZEN OU JÁ ZEN?

ZAZEN OU JÁ ZEN?

    Por Satyaprem     Há muito tempo atrás, quando ainda não tinham inventado o telefone, um homem sem nenhum entendimento em direção à sua própria realização foi até um mestre e perguntou: “O que posso fazer para entender o Zen?” O mestre recomendou que ele sentasse em Zazen. Porém, o homem continuou: ”Não seria bom que eu estudasse os sutras dos magníficos iluminados que exixtiram? Não devo mergulhar em práticas devocionais a serviço dos…

Leia mais...

UM BOCADINHO DE VIVER EM PORTUGAL

UM BOCADINHO DE VIVER EM PORTUGAL

    Por Anna Salustiano   Cultura mexicana retratada através de máscaras  O resultado dos inúmeros confrontos entre as culturas indígenas, europeias e africanas resultou num dos traços marcantes da identidade mexicana, a utilização de máscaras. Na exposição que recebeu como tema: Do Carnaval à Luta Livre. Máscaras e Devoções Mexicanas, o Museu de Lisboa recebeu até o dia 1 de outubro, mais de 250 máscaras elaboradas no século XX e XXI e feitas das…

Leia mais...
1 2 3 164