ZAZEN OU JÁ ZEN?

ZAZEN OU JÁ ZEN?

    Por Satyaprem     Há muito tempo atrás, quando ainda não tinham inventado o telefone, um homem sem nenhum entendimento em direção à sua própria realização foi até um mestre e perguntou: “O que posso fazer para entender o Zen?” O mestre recomendou que ele sentasse em Zazen. Porém, o homem continuou: ”Não seria bom que eu estudasse os sutras dos magníficos iluminados que exixtiram? Não devo mergulhar em práticas devocionais a serviço dos…

Leia mais...

A FALTA QUE SOBRA É ABUNDÂNCIA DA DESNECESSIDADE

A FALTA QUE SOBRA É ABUNDÂNCIA DA DESNECESSIDADE

Por Satyaprem Essa é uma questão muito sutil, fique atento. A verdade é que o que acontece nos níveis corporais e mentais não afetam a Consciência que você é. No entanto, isso não é uma deixa para que você haja irresponsavelmente. Te foram dados olhos, boca e ouvidos para o mais puro deleite. Faça o melhor que pode ser feito com isso. Para ilustrar, exemplifico uma atitude responsável: diante de um bolo cheio de morangos…

Leia mais...

DESLOCALIZAÇÃO DO IMAGINADO E O DES-MUNDO SILENCIO SEM CONTRÁRIO

DESLOCALIZAÇÃO DO IMAGINADO E O DES-MUNDO SILENCIO SEM CONTRÁRIO

    Por Satyaprem   A proposta é radical, ela contraría todo o concebido até hoje. E não tem meio termo: ou você acredita nos seus pensamentos ou você não acredita. Se você acredita nos seus pensamentos, sinto dizer, mas não temos como ir em frente. Se você não acredita, podemos conversar. No momento em que você questiona a veracidade dos pensamentos, há expansão, des-localidade, des-localização, silenciamento. Todo o sofrimento é gerado pelas descrições e cada descrição…

Leia mais...

OS LÍRIOS DO CAMPO

OS LÍRIOS DO CAMPO

  Por Satyaprem   Nós somos bombardeados com desejos – basta ligar a televisão para ver. Vejam as propagandas e você estará sendo bombardeado. Estou aqui para apresentar uma nova proposta. Pois, que bom seria se você pudesse existir em um plano onde não houvesse necessidade de absolutamente nada, nem ninguém que o entenda, não é mesmo? Que bom seria não ter a necessidade de que alguém goste de você ou o aceite, sim? Venho…

Leia mais...

A QUIETUDE E A INTELIGÊNCIA

A QUIETUDE E A INTELIGÊNCIA

Por Satyaprem É na quietude que as coisa acontecem, é na quietude que você fica inteligente. É na quietude que você sabe o que fazer. E como tem muito pouco a ser feito, fica difícil errar. Na quietude você sempre faz o movimento correto. Um problema vem e te assombra, o que você faz? Se você fica quieto, se você nem mesmo o espera passar, se você nem mesmo se ocupa com isso, o problema…

Leia mais...

NO FOGO: A LEVEZA DO SER

NO FOGO: A LEVEZA DO SER

  Por Satyaprem   A mente elabora tornar-se um santo ser o mais próximo da iluminação. Ela propõe que você não faça nada errado, nem pense “coisas feias” – e é exatamente essa lógica que gera a impossibilidade. Você só não alcança o real a esse respeito, porque está imaginando. Desse jeito, você tem renegado a si mesmo, consistentemente, com a esperança de que um dia possa descobrir algo que venha a remover todos os…

Leia mais...
1 2 3