Toyota Safari: um convite ao turismo rural em Primavera

Passeio contempla belezas naturais, artesanato e culinária da cidade da zona da mata

????????????????????????????????????
Povoado de Pedra Branca. Foto: Veetamno Prem.

 

Do ponto de partida, ao lado da Universidade Federal de Pernambuco, até o nosso destino são cerca de 80 quilômetros de estrada. O percurso é feito por motoristas profissionais, habilitados e acostumados tanto às rodovias quanto às estradas de terra que compõem nossa aventura.

Ponto de encontro ao lado dos Hospital das Clínicas próximo ao Viaduto da Caxagá. Foto: Mario Petrônio
Ponto de encontro ao lado dos Hospital das Clínicas próximo ao Viaduto da Caxagá. Foto: Mario Petrônio

Primavera é uma cidade da zona da mata norte de Pernambuco, já na fronteira com o agreste, divisa com os municípios de Amaraji, do qual já foi distrito, e Chã Grande. Com pouco mais de 14 mil habitantes(censo IBGE 2010), tem na atividade agrícola e canavieira sua mais importante indústria e fonte de renda para os moradores.

O Verde predomina na Cidade de Primavera. Foto: Comunidade no FaceBook : Cachoeira do Urubu
O Verde predomina na Cidade de Primavera.
Foto: Comunidade no FaceBook : Cachoeira do Urubu

Mas é pela riqueza natural que congrega áreas remanescentes de Mata Atlântica, nascentes e cachoeiras formadas no percurso do rio Ipojuca e afluentes que a cidade é mais conhecida no estado, sendo o Parque Ecoturístico da Cachoeira do Urubu, com sua queda d’água de 70 metros de altura, um dos pontos mais procurados em Pernambuco para a prática do rapel.

Vista panorâmica da Cachoeira do Urubu. Foto: Veetmano Prem
Vista panorâmica da Cachoeira do Urubu.
Foto: Veetmano Prem

É esse cenário natural, unido ao cotidiano rústico da vida no campo que o grupo Toyota Safari convida você e sua família a conhecer e vivenciar. Em um dia que congrega passeios pelo campo, banhos de cachoeiras e piscinas naturais de nascentes da região e visita à tradicional Feira Livre da cidade, quando temos a oportunidade de nos depararmos com toda a produção agropecuária e artesanal da população de Primavera e região.

Dona Maria planta no seu sítio planta uma uma diversidade como bananas, mandioca, frutas e ainda cria gados e galinhas. Foto: Veetmano Prem
coisas da terra no sítio de dona Maria
Foto: Veetmano Prem

A primeira parada é logo no Centro da cidade, onde o senhor Hamilton, do restaurante O Castelão dá as boas vindas aos visitantes com um delicioso suco de fruta feito na hora, doces e bolachas. É o começo da nossa aventura rural. Lanche feito, a primeira incursão é ao universo produtivo da zona rural, com a visita à feira livre de Primavera.

uma recepção calorosa com um soco de frutas produzidas pela a região , Hamilton e Isaac Moquém dão as boas vindas. Foto: Veetmano Prem
uma recepção calorosa com um soco de frutas produzidas pela a região , Hamilton e Isaac Moquém dão as boas vindas.
Foto: Veetmano Prem

Foram justamente das feiras livres que surgiram praticamente todos os povoados e cidades da região. A autorização era dada por decreto régio e dessas aglomerações de comércio e produtores, surgiram os povoados, vilas e cidades de Pernambuco e de toda a região Nordeste. Conhecer a feira livre de cada cidade do interior é um passeio pela história e pela cultura de nosso povo. E é adorável.

Foto: Veetmano Prem
Foto: Veetmano Prem

Da feira às trilhas rurais. É costume na cidade que os trajetos turísticos sejam contemplados no alto da Toyota, principal veículo de transporte da região, de onde se tem uma visão panorâmica da paisagem, composta de morros com pedaços intocados de mata atlântica. Direto para a o Parque Ecoturístico Cachoeira do Urubu. Aqui a prática do rapel é opcional e deve ser agendada previamente com a organização do passeio. São várias quedas d’água num dos banhos mais procurados pelos visitantes. Também há diversas piscinas naturais, formadas pelas diversas nascentes que se assomam ao percurso do Ipojuca em sua jornada rumo à praia de Porto de Galinhas, quando deságua no Atlêntico. Baterias recarregadas pelo banho frio, de volta aos carros, rumo ao mirante da Pedra Branca, onde se tem uma vista completa da região.

Foto: Veetmano Prem
Foto: Veetmano Prem

De lá retornamos ao rio para conhecer e apreciar as belezas da Cachoeira do Convento, composta por várias quedas d’água, um grande lago natural e trilhas pela Mata Atlântica. Ao lado desta cachoeira temos o famoso restaurante Moquém, onde a culinária da região é apreciada em seu melhor momento. Moqueca de peixe, feijoada, churrascos e saladas compõem o cardápio do restaurante, administrado por Isaac Moquém, chef culinário, empresário e historiador da região.

Cachoeira do Convite nossa ultima parada e ainda somos recebidos pelo o dono do Restaurante Moguem, o Isaac. Foto: Veetmano Prem
Cachoeira do Convento nossa ultima parada
Foto: Veetmano Prem

“Nossa proposta é fazer com que as pessoas do Recife e região escapem por um dia da rotina urbana e se deixem levar pelo ritmo cadenciado e pacato do interior, com direito à Feira Livre, aos mirantes, às cachoeiras e à excelente culinária da cidade”, convida o empresário Isaac Moquém, idealizador do projeto e hoje com parceria com o Veetmano Prem,

“Fizemos esse roteiro durante anos, mas voltado apenas para turistas estrangeiros. Agora resolvemos mostrar esses tesouros naturais e culturais para as pessoas do Recife e cidades vizinhas, como Olinda, Paulista e Jaboatão, fazer com que os próprios pernambucanos tenham a oportunidade de vivenciar essa riqueza natural que lhe pertence”, observa.

Valor por pessoa R$ 120,00

Esse valor dar direito um almoço estilo buffet, taxa da cafe no restaurante castelão, taxa lanche de Caldo de Cana com pão doce,taxa nas cachoeiras.  contato: Veetmano – 81 3221 4488/9.9704 0491 uso também como WhatssApp

Acesse nosso evento no FaceBook: https://www.facebook.com/events/1668515446771785/

SAÍDA  DO RECIFE – 7H30

CHEGADA EM PRIMAVERA – 8H30

FEIRA-LIVRE – 9H

PARQUE ECOTURÍSTICO CACHOEIRA DO URUBU – 10H

12H MIRANTE DA PEDRA BRANCA

13H –CACHOEIRA DO CONVENTO / TRILHAS / RECEPTIVO E ALMOÇO RESTAURANTE MOQUÉM

16H – SAÍDA DE PRIMAVERA

17H – CHEGADA NO RECIFE

 

COMMENTS

Deixe seu comentário